Formação qualificada dos trabalhadores com pacote de apoio do Governo de 100 milhões de euros

Formação qualificada dos trabalhadores com pacote de apoio do Governo de 100 milhões de euros

O processo de execução do pacote de medidas do Governo para responder ao aumento dos preços, que abrangem as famílias, empresas e setor social contempla 100 milhões de euros para a formação qualificada dos trabalhadores. Segundo António Costa, na apresentação do pacote de medidas, esta quantia será destinada à “formação qualificada dos trabalhadores no contexto da produção, no local de trabalho, para as empresas contribuírem para a exportações”. Paralelamente, vão também lançar um apoio de 30 milhões de euros para promover a internacionalização das empresas, a sua presença nas feiras internacionais e a diversificação das exportações.

O “Famílias Primeiro - Plano de Resposta ao Aumento dos Preços” foi apresentado no dia 5 de setembro e visa “mitigar o impacto da inflação”. Terá um custo global de 2,4 mil milhões de euros, de acordo com o Governo. O programa será executado “no contexto da produção, no local de trabalho, para manter a atividade das empresas e para elas contribuírem para as exportações”.

Segundo o jornal ECO, “o secretário de Estado do Trabalho adiantou também que no âmbito do IEFP está também a ser desenhado um programa em competências verdes para promover a requalificação de trabalhadores no ativo ou desempregados, para as empresas disporem dessas competências no mercado de trabalho. O programa terá uma dotação de 20 milhões de euros e irá permitir que trabalhadores e desempregados possam ser mobilizados”.

24 outubro 2022

  • logo iefp
  • logo sitese
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. A sua não aceitação pode resultar em dificuldade em visualizar/interagir com as páginas da Citeforma. Conhecer Política de Cookies Aceito
  • logo PRR
  • pessoas2030
  • lisboa2030
  • fami2030
  • min_trabalho
  • logo uniao europeia