Gostaria de eliminar alguma publicação das suas redes sociais?

Gostaria de eliminar alguma publicação das suas redes sociais?

De acordo com um estudo divulgado no final de junho, pela Kaspersky, empresa de soluções de segurança informática, 84% dos cidadãos europeus gostaria de eliminar, pelo menos, uma publicação das suas redes sociais.

O estudo The Right to be Forgotten foi realizado na Europa e investigou os níveis de sensibilização e as atitudes dos indivíduos em relação à sua privacidade online e pegada digital. Os utilizadores mais jovens (dos 16 aos 21 anos) são os que mais querem retirar um conteúdo publicado durante o ano de 2021 das suas redes sociais (86%), em comparação com apenas 75% dos que têm mais de 35 anos.

O estudo identificou como a perceção sobre a privacidade online difere com base no país e geração. A faixa mais jovem, com menos de 21 anos, é a mais imprudente no que se refere ao controlo que tem sobre os seus dados, uma vez que muitos desejam poder apagar permanentemente uma publicação realizada no passado. Os resultados mostram que a maioria dos inquiridos desconhece ou não tem a certeza do controlo que tem sobre a sua presença digital.

O estudo envolveu mais de 8.500 utilizadores com idade igual ou superior a 16 anos em 11 países e identificou mal-entendidos generalizados entre os inquiridos relativamente à perceção do nível de controlo que têm sobre a sua identidade online. Um número considerável de pessoas acredita, de forma errada, que as contas e as publicações nas redes sociais podem ser apagadas de forma permanente.

As implicações na carreira profissional

Quase metade dos inquiridos em posições de direção, admitiram ter pesquisado a presença online de um colega quando entraram na empresa. Referem ainda, ter formado uma opinião menos favor, enquanto mais de 40% dos inquiridos disseram conhecer alguém cujo emprego ou carreira foi negativamente afetado devido a uma antiga publicação nas redes sociais. Apesar disso, quase um terço das pessoas nunca reviu ou apagou as suas publicações antigas nas redes sociais.

A perceção que temos a partir da presença online é um problema para muitas pessoas. No total, 42% dos indivíduos afirmam que os seus perfis nas redes sociais não os representam autenticamente. Cerca de 48% afirmam que outros podem ficar com uma ideia errada sobre si tendo por base as suas pesquisas na Internet.

A este propósito, a grande maioria (81%) dos jovens entre os 16-21 anos acredita, erradamente, que tem o controlo total para apagar de forma permanente alguma coisa relativa à sua presença online.

 

O Citeforma promove formação que lhe permite conhecer e aumentar o seu controlo nas redes sociais.
Para mais informações, contacte a secretaria através do Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do 217 994 560

04 julho 2022

  • logo iefp
  • logo sitese
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. A sua não aceitação pode resultar em dificuldade em visualizar/interagir com as páginas da Citeforma. Conhecer Política de Cookies Aceito
  • logo poise
  • logo poch
  • logo lisboa2020
  • logo portugal2020
  • logo gp min solid emprego seg social
  • logo uniao europeia