Plano de Recuperação e Resiliência - PRR

<

O PRR é um programa de âmbito nacional, com um período de execução até 2026, que vai implementar um conjunto de reformas e de investimentos destinados a impulsionar o país no caminho da retoma, do crescimento económico sustentado e da convergência com a Europa ao longo da próxima década, tendo como orientação um conceito de sustentabilidade inspirado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. 

O Mecanismo de Recuperação e Resiliência onde se enquadra o Plano de Recuperação e Resiliência é um plano de investimentos assente em três dimensões estruturantes: Resiliência; Transição Climática; Transição Digital.

A aplicação eficaz e eficiente dos recursos do PRR exige um modelo de governação bem definido, que garanta um elevado grau de coordenação entre os diversos atores e que tenha em consideração princípios fundamentais como a simplificação, a transparência e prestação de contas, a participação, a centralização da gestão e a descentralização na execução, a segregação de funções e a orientação para resultados.

O Instituto do Emprego e da Formação Profissional, IP (IEFP, I.P.)  é a entidade intermédia que no âmbito do PRR intervém na  Componente 06 – Qualificações e Competências e é responsável pela execução física e financeira do Investimento RE-C06-i01 - Modernização da oferta e dos estabelecimentos de ensino e da formação profissional – Subinvestimento - Modernização da Formação Profissional.

O Citeforma, enquanto centro de formação profissional de gestão participada do IEFP, I.P., é Beneficiário Final na implementação do investimento RE-C06-i01. A candidatura do Citeforma a este investimento visa a melhoria da qualidade da formação, nos mais diversos aspetos, desde aquele que é o espaço e ambiente de acolhimento de formandos e formadores, às características específicas das salas de formação e aos seus equipamentos, bem como aos meios de formação disponíveis para formandos e formadores.

A transformação das salas de formação tradicionais em espaços polivalentes, passíveis de utilização por diferentes áreas de formação e que permitam a sua dinamização entre uma componente teórica, de grupos de trabalho e uma componente tecnológica e/ou oficinal, apresenta-se como a evolução natural para a atividade que vem sendo desenvolvida pelo Citeforma. Em linha com o mais recente contexto de formação a distância e não obstante a resposta muito positiva do Citeforma, é imprescindível o investimento nos meios tecnológicos mais adequados e que aproximem ao máximo a experiência da formação a distância à experiência da formação presencial. Com o investimento nas áreas referidas, será possível ao Citeforma a criação de espaços de formação flexíveis e multimodais, conseguindo reunir na mesma sala os recursos tecnológicos adequados aos diferentes contextos e ambientes formativos.

O Plano de Investimentos da candidatura do Citeforma tem um orçamento previsional de 853.400,00 €, com IVA incluído, e prazo de conclusão até 31 de dezembro de 2025.

O Citeforma assume como metas deste plano de investimentos, a beneficiação de 290 postos de formação até 31 de dezembro de 2023 e a beneficiação de 260 postos de formação até 31 de dezembro de 2025

Plano de Recuperação e Resiliência - PRR
  • logo iefp
  • logo sitese
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. A sua não aceitação pode resultar em dificuldade em visualizar/interagir com as páginas da Citeforma. Conhecer Política de Cookies Aceito
  • logo Plano de Recuperação e Resiliência
  • logo poise
  • logo poch
  • logo lisboa2020
  • logo portugal2020
  • logo gp min solid emprego seg social
  • logo uniao europeia